Pérola

PitaPata - Personal picturePitaPata Cat tickers

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

My pussy...

... cat!
Ahah!
Hoje foi dia de levar a cachopa à pediatra. Melhor dizendo: foi dia de levar a gata à veterinária.
E isto porque, não sei como nem porquê, constipou-se outra vez.
Isto não seria nada demais, e acredito que ela recuperasse sózinha em três tempos, mas o facto é que ela dorme ao meu lado, na almofada, e já não aguento mais ouvi-la a ressonar!
Ela inspira pelo seu narizito meio entupido, soando a trombeta ao contrário, e expira pela boca fazendo o típico balãozito (acho que já filmei, se encontrar coloco aqui).

Os seus espampanantes mil e quinhentos gramas são impressionantes, até a veterinária teve dificuldade em acreditar que a Pérola era mesmo a Pérola.
Entretanto, a membrana que lhe escurece o olho direitoescureceu um pouco, o que acredito que lhe turve um pouco a visão. Fizeram-lhe de novo o teste, uma coisa absolutamente "yack!", que consiste em colar uma tirinha cor-de-laranja no olho e esperar pela reacção.
A reacção ideal seria ela não ficar com parte alguma do seu petiz olho, fluorescente.
Mas ficou. Ainda. Completamente psicadélica.
Acho que no escuro a vejo a pestanejar.
Agora, para além de não dormir com o ressonar, ainda tenho um farol na cama...
Mas ela está linda, forte, espertalhona... e terrorista!

Se olharem com atenção, conseguem ver a membrana, no olho direito.
E agora ao percorrer as fotos e vendo as do Nico e do Kika, encontrei daquelas preciosidades que sem darmos por isso, se vão repetindo na nossa vida e nem nos apercebemos. Senão vejamos:
O Nico e o Kika (respectivamente o amarelo e o pardo e que não eram de todo aparentados), davam-se como o cão e o gato. Não suportavam dividir a casa entre eles pelo que pernoitavam à vez (penso que tenham miado e chegado a um qualquer acordo). Mas em noites mesmo muito frias... lá se toleravam. Mas... de costas viradas!

Já os manos Fittipaldi...
Abraçam-se, dormem por cima um do outro, ela adormece a roer-lhe as orelhas, ele adormece a fingir-se de morto, porque ela de facto deixa-o cansado. Até hoje não entendemos onde ele vai buscar tanta paciência para a aturar, pois é mais que sabido que ele vem cá a casa só para comer e porque sabe que há por aqui umas mantinhas porreiras. O que um Gajo não faz por uma refeição e uma caminha lavada!
Gajo é mesmo o nome dele.

4 comentários:

  1. que fofuraaaaaaaaaa .... a tua linda pussycat

    ResponderEliminar
  2. Essa tua pequerrucha é a coisa maaaais linda!!! :))
    Já tive um gato, chamado Kiko, bastante parecido com ela! Era um bebé abandonado que qdo veio para minha casa, ainda teve de ser alimentado a biberão.
    Infelizmente desapareceu-me há dois anos :((

    ResponderEliminar
  3. Feliz Ano ! com tudo aquilo que mais desejares

    beijo
    até sempre...por aqui...

    teresa

    ResponderEliminar

Related Posts with Thumbnails